Psicóloga-Florianópolis-Terapia-Online

Como a internet está revolucionando o campo da saúde mental

Você já deve ter percebido que estamos ficando cada vez mais tecnológicos. Existe aplicativo de celular para tudo que se imagina. Tablets e celulares se tornaram nossos “melhores amigos de infância”. E a internet...ah a internet! É a alma de todo o nosso cotidiano...

 

 

 Sigo fazendo uma ressalva de que neste momento não entrarei em detalhes sobre o uso exagerado e patológico destas tecnologias, falaremos aqui dos benefícios que elas nos agregam.

Em nossa vida buscamos conhecimento e informações diversas através da internet e produzimos, comunicamos e criamos também através dela. Mais especificamente na área da saúde percebemos o fácil acesso a conteúdos, possibilitando por exemplo, que o paciente chegue ao seu médico mais informado sobre seu estado (pelo menos se as informações forem confiáveis, claro). Tem muita qualidade do meio online, sites e artigos científicos, que podem auxiliar na identificação e prevenção de doenças.

Nos Estados Unidos temos aplicativos através dos quais se chamam médicos para irem em casa e até realizam consultas médicas por videoconferência. A proposta é oferecer praticidade aos usuários, não precisando se deslocar até um consultório, por exemplo, para esclarecer uma dúvida sobre seus sintomas. Casos que requeiram assistência presencial ou de um especialista são encaminhados ao atendimento presencial. Com o aplicativo “Heal” você pode solicitar a visita de um médico e ele baterá a sua porta, neste caso há a cobertura do plano de saúde. Um dos pontos interessantes é que o médico consegue ver um pouco da rotina do paciente, o ambiente, o que ele come, como é a vida dele. Um outro aplicativo bastante popular também nos Estados Unidos é o "Doctor on Demand", no qual por U$ 40,00 um médico te atende por videoconferência, sem precisar sair de casa. A empresa afirma que os profissionais conseguem diagnosticar e tratar 95% de sua demanda.

E fazer Terapia à distância? Você já pensou nisso?

No Brasil podemos realizar atendimentos psicológico online (conhecidos popularmente com Terapia Online) desde o ano 2000, mas é claro que com uma série de cuidados e restrições. O psicólogo precisa ter um site e estar credenciado junto ao Conselho Federal de Psicologia para poder atuar nesta modalidade. Para você saber quem é credenciado deve procurar no site do psicólogo por um selo eletrônico ou acessar o site do Conselho Federal de Psicologia e pesquisar se o mesmo está cadastrado lá.

O paciente pode escolher ter seu atendimento psicológico online por e-mail, por chat, por áudio ou videoconferência (o Skype é a ferramenta mais utilizada no Brasil). O atendimento psicológico online permitido no Brasil difere da terapia presencial. Tem que ser uma terapia mais rápida, com poucas sessões, focada em temas específicos e em orientações práticas

para aliviar o sofrimento de quem procura. Existem casos graves de psicopatologias que precisamos encaminhar para a terapia presencial.

Como funciona?

Primeiro o paciente tem que entrar em contato com o psicólogo que é credenciado para atender pela internet, através do site ou de indicação. Em seguida agendamos um horário, como se fosse uma consulta na clínica, só que ela acontecerá em sua casa, trabalho ou onde preferir. É importante que a internet do paciente seja de boa qualidade e também que o ambiente escolhido seja privativo e tranquilo para falar à vontade sobre o que desejar. O pagamento das sessões é realizado por depósito bancário ou através de cartão de crédito, depende do profissional.

Para quem é indicada a Terapia Online?

Pessoas de qualquer localidade podem ser atendidas online.O atendimento psicológico pela internet é indicado para quase todo tipo de público. Recomendado para pessoas que se encontram num momento de sofrimento psicológico, desorganização de vida, que não consegue resolver suas questões, que acha que está com sintomas de alguma doença como depressão, ansiedade e outros.

A partir desta procura será feita uma avalição, que acontece nas sessões, e, em seguida o profissional atenderá pela modalidade online ou encaminhará para atendimento presencial, se o caso for mais grave e requerer aprofundamento terapêutico.

Todo mundo que tem familiaridade com a internet, souber usa as ferramentas tecnológicas que envolvem este tipo de comunicação e tiverem um bom aparato como computador ou similar e serviço de internet de boa qualidade, pode procurar o serviço.

Terapia Cognitivo-Comportamental Online na prática

A Terapia Cognitivo-Comportamental apresenta ótimos resultados em pesquisas sobre abordagem psicológica usada em atendimento online. Mostram até que não há diferenças entre o acompanhamento via internet e o presencial.

Esta abordagem da Psicologia combina super bem com a velocidade e praticidade que a web nos traz. Os terapeutas costumam trabalhar com poucas sessões, ou seja, o tempo de terapia é breve; há objetividade na comunicação e nas orientações ao paciente; o caráter é informal e colaborativo (paciente e terapeuta combinam tarefas, negociam intervenções). O computador como ferramenta desta interação funciona bem pois o terapeuta cognitivo-comportamental usa apenas a conversa para corrigir pensamentos do paciente e ajudá-lo a se comportar melhor, não necessitando, teoricamente, da presença física. E o mais interessante destas pesquisas ao meu ver, que é uma grande preocupação de nós psicólogos, o vínculo entre paciente e terapeuta acontece igualmente pala internet e presencialmente.

O terapeuta cognitivo é prático e focado em resolução de problemas para o alivio rápido do sofrimento do paciente. Situações atuais e diálogos direcionados são conteúdos de terapia.

Que casos tem tido sucesso na Terapia Online?

No Brasil ainda se tem escassas pesquisas nesta área, mas a partir de estudos realizados no exterior pode-se dizer que a Terapia Online tem sucesso no diagnóstico e tratamento de depressão, transtornos de ansiedade, fobias diversas, síndrome do pânico, transtorno de estresse pós-traumático e transtornos alimentares. Isso já é uma realidade em países como Austrália, Estados Unidos e Reino Unido.

Das pesquisas que foram realizadas no Brasil sobre o atendimento psicológico online desde o ano 2000 até hoje, encontramos artigos científicos e algumas teses. Os temas que foram pesquisados são: diferentes modalidades de atendimento online, relação terapêutica, orientação profissional, atendimento online de grupos, psicoterapia online, transtorno obsessivo compulsivo.

Experiência que deu certo

Agora quero comentar sobre minha experiência com o Programa Leve Vida que criei para o meio online, para o leitor saber na prática o que pode ser feito e trabalhado numa Terapia Online.

O Leve Vida é composto por 10 sessões por videoconferência (Skype) de duração de 50 minutos cada uma. Nestas sessões o paciente muda sua programação mental, ou seja, consegue mudar seus hábitos, ter mais consciência alimentar e emagrecer. A Terapia Cognitivo-Comportamental aqui é aplicada a fim de ensinar o paciente a adquirir algumas habilidades que são: conseguir reduzir a quantidade de alimentos que come; resistir ao desejo de comer, emagrecer e manter seu peso; ter autocontrole em festas, restaurantes, eventos; lidar bem com as recaídas, frustrações e parar de comer por problemas emocionais (alimentação emocional); reduzir ansiedade e estresse; identificar e modificar pensamentos que impedem seu emagrecimento e seu comprometimento com hábitos mais saudáveis; ter uma melhor organização pessoal e usar técnicas para resolver problemas; enfrentar obstáculos e superá-los com autocontrole e autoconfiança.

Quais são os benefícios do atendimento psicológico online?

O principal benefício do atendimento psicológico online é a possibilidade do paciente se tratar e de ser mais feliz. Quase todos podem se beneficiar desta modalidade.

Pacientes que se mais se beneficiam do atendimento psicológico online são os que tem dificuldade de se locomover até o consultório, como estar com uma perna quebrada ou estar doente, as gestantes, os idosos; pessoas que moram em áreas rurais, cidades pequenas ou no exterior em que não encontram profissionais especializados para seu tratamento; pessoas que não encontram tempo (evitam trânsito) e se sentem à vontade na modalidade à distância (sentem vergonha de se expor a um terapeuta ou de ir a um

consultório) e redução de custos (a terapia online muitas vezes tem um valor menor do que a presencial). Casos de pessoas que tem fobia social e depressão por exemplo, foram casos que eu atendi online. Estas pessoas jamais haviam procurado um psicólogo porque não conseguiam sair de casa, por medo, desânimo e vergonha extrema. Mas com o atendimento online conseguiram se organizar, melhorar e sair.

Segurança do lar e acessibilidade

Como já mencionei anteriormente, estar em casa propicia que muitos pacientes encontrem um pouco da ajuda que precisam. Pessoas que estão na sua privacidade conseguem se sentir mais confiantes para falar de seu sofrimento e temores. Caso de fobia social, ou seja, em que a pessoa tem uma grande ansiedade em interagir com outras pessoas em espaços públicos por exemplo, tem tido sucesso na modalidade online. A terapia online é um início para a reconstrução de uma vida social satisfatória para este individuo, o qual não chegaria ao consultório físico por conta exatamente da sua limitação, que é o sintoma de isolamento.

Pessoas que se encontram sem tempo de deslocamento por conta de transito por exemplo, um problema muito comum da nossa atualidade, preferem chegar em casa e serem atendidos em seu conforto.

Digo pela minha experiência que é muito satisfatório poder “chegar aos lares” e compartilhar desta privacidade tão especial, em que nós psicólogos, muitas vezes só temos acesso através desta modalidade online. Diferente de ouvir um relato na clínica é você ver a relação do seu paciente com seu bichinho de estimação. É muito rico a gente poder ter este acesso. O modo como a pessoa organiza o seu ambiente para a consulta virtual, a importância que dá para este contato, isolando os barulhos e familiares curiosos. Tudo isso é extremamente útil como material de análise clínica.

Psicologia para todos

Aprecio o acesso que a Psicologia está levando a todos através da internet, pois é para isso que trabalhamos dia-a-dia para conquistar. O acesso a saúde mental de qualidade de uma forma mais simples e menos custosa é o que todos merecem, sem desconsiderar em momento algum o atendimento presencial, apenas contando com mais esta alternativa. O atendimento online é para casos que podem ser atendidos desta forma, seguindo rigorosamente a ética profissional.

Finalizo aqui com o princípio V (quinto) do Código de Ética Profissional do Psicólogo, que é nosso grande compromisso com a sociedade:

“O psicólogo contribuirá para promover a universalização do acesso da população às informações, o conhecimento da ciência psicológica, aos serviços e aos padrões éticos da profissão. ”

E a internet consegue promover uma parte disto, reduzindo a distância entre paciente e terapeuta apesar se estarem longe...estão bem perto.

Referencias

“Apps expandem serviços de atendimento médico domiciliar e à distância nos EUA” (Jennifer Jolly) . Matéria publicada no portal de notícias do UOL em 11/05/2015 . Disponível em http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/the-new-york-times/2015/05/11/apps-expandem-servicos-de-atendimento-medico-domiciliar-e-a-distancia-nos-eua.htm

Rodrigues, C.G. (2014). Aliança terapêutica na psicoterapia breve online (Dissertação de Mestrado, Universidade de Brasília). Recuperado de http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/16596/1/2014_CarmelitaGomesRodrigues.pdf.

Pieta, Maria Adélia Minghelli, & Gomes, William B.. (2014). Psicoterapia pela Internet: viável ou inviável? Psicologia: Ciência e Profissão, 34(1), 18-31. Recuperado em 29 de janeiro de 2016, de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932014000100003&lng=en&tlng=pt

Código de Ética Profissional do Psicólogo (2005) http://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2012/07/codigo_etica.pdf

Giselle Dechen é psicóloga clínica especialista em Terapia Cognitiva e pesquisadora. Atende presencialmente e também na modalidade online. Suas principais áreas de atuação são relacionamentos, ansiedade e emagrecimento.

 

 

Precisando de uma psicóloga?

Agende aqui o seu atendimento psicológico online!